Sobre a Inspiração (ou falta dela)


Uma vez ou outra acontece comigo. Eu fico sem inspiração para produzir. Sejam textos para o Mesa, textos sobre a vida, textos acadêmicos e até falta inspiração para fazer coisas mais simples. 
Desenrolar do cobertor macio e quentinho, por exemplo...
Isso acontece em ciclos e gosto de pensar que não é uma situação permanente. Normalmente têm a ver com todo o resto que tá rolando no dia a dia, com as expectativas de um determinado momento é com as frustrações ocasionais, em perceber que a gente vai crescendo, vai amadurecendo, mas tem muita coisa que nos acompanha.
Quando esses momentos sem inspiração acontecem, eu me coloco à disposição da descoberta. Ouço novos sons, leio novas aventuras, renovo as esperanças e mudo alguns hábitos. Permito-me admitir que acontece de, e por mais que eu queira o contrário, o papel continuar em branco, a barra de texto ficar só piscando e o que me resta é ficar mordiscando o que já foi escrito.
Aí eu rompo com a rotina. 
Vejo uma série nova, me delicio com personagens que estou conhecendo pela primeira vez, encaro o marasmo e abraço o tédio por um tempo. O problema é quando esse tempo é tempo demais. Mesmo que o "tempo demais" seja relativo a quem pergunta. Porque quem vive da palavra e pela palavra não pode se dar ao luxo de ficar muito dele sem vê-las, sem usá-las. 
Sem degustá-las.
Então eu invento um artigo para desenrolar. Me encho de possibilidades, na possibilidade da inspiração aparecer. Dela despertar do nada e fazer uma lâmpada acender na minha mente, pronta para virar alguma outra coisa, normalmente entre vírgulas, pontos e acentos. É o momento de olhar a imagem maior, se distanciar e respirar. Olha só o que a falta faz vir. Olha só o que é capaz de produzir.
E na dúvida vem a vontade de ir em frente, em busca das questões misturadas.
Do artigo vem o turbilhão, do filme vem o post, do momento vem a trama, do personagem vem a ideia. 
Da ideia a inspiração. 
E da inspiração vem a falta dela mesma.
Como é engraçada essa vida em ciclos...

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.