Favoritos Oscar 2017 - Bolão do Mesa

Amanhã é aquele dia tão esperado do ano, cheio de glamour, tapete vermelho, prêmios justos, prêmios injustos e muito mais! Estamos falando do Oscar, é claro, e, claro, estaremos no twitter (@oliviayale) comentando tudo, além de trazer aqui o bolão delicinha desse ano. 

Dos títulos principais, resenhamos oito, além de outros que concorreram à categorias menores e/ou específicas. A lista do Pitacos do Oscar deste ano está disponível no final desse post e como é de praxe aqui no Mesa, a gente vai dividir esse post em três: Categorias Técnicas, Categorias Coadjuvantes e Categorias Principais. Também vamos apresentar duas listas, uma com aqueles que eu quero que ganhem, na minha preferência pessoal, e aqueles que eu aposto que ganharão.
Pronto? Então vamos lá!

Categorias Técnicas

Melhor Edição de Som
Preferência: A Chegada
Aposta: Até o Último Homem
Porque? Apesar de ser um filme surpreendente, estou apostando que Até o Último Homem conquiste poucas categorias (ou talvez só essa). É realmente um filme coeso e potente, mas temos outros ótimos filmes no páreo, sendo que a minha preferência mesmo, seria que A Chegada levasse essa estatueta, já que a Edição de Som, bem como a Mixagem são elementos que contam a história, juntamente com a narrativa visual.
Vencedor: A Chegada

Melhor Mixagem de Som
Preferência: A Chegada
Aposta: A Chegada
Porque? A Mixagem de som também pode ser chamada de desenho de som, ou seja, é como o som de cada cena é montado e configurado. Diferentemente da Edição, a Mixagem não é só a captação sonora e refinamento dela, mas também o que é construído sonoramente para compor a narrativa. A Chegada dá uma aula disso e como falei em Edição de Som, ela ajuda a contar a história do longa.
Vencedor: Até o último homem



Melhor Trilha Sonora
Preferência: La La Land
Aposta: La La Land
Porque? Pessoalmente a trilha sonora original que eu mais gostei da temporada foi a de Estrelas Além do Tempo, mas como não foi indicada, estou apostando que La La Land leve essa categoria, tanto por ser um filme musical, como porque as músicas compõem a história de modo preciso. É de notar que Jackie, que também concorre a essa categoria levou ótimos prêmios nas cerimônias pré-oscars, mas todos eles ligados aos críticos, por isso não acho que leve no Oscar.
Vencedor: La La Land

Melhor Música Original
Preferência: How Far I'll Go - Moana
Aposta: City of Stars - La La Land
Porque? City of Stars é praticamente o resumo musical de La La Land e costuma ser esse o parâmetro de premiação do Oscar. Fora que os concorrentes deste ano não foram realmente significativos, de modo que acho difícil fazerem "coceira" em City of Stars, que já levou dois prêmios anteriores pra casa. Lógico que eu sempre vou torcer pra Disney, no entanto.
Vencedor: City of Stars - La La Land


Melhor Efeitos Visuais
Preferência: Mogli - o menino lobo
Aposta: Rogue One - uma história Star Wars
Porque? Bom, Star Wars tem uma boa cota de premiações nesta categoria e é lógico que, com uma história que se passa no espaço, tem vários elementos visuais importantes e uma liberdade de fazê-los com maestria, Rogue One é a aposta deste ano. Fora que é de cair o queixo a inserção de personagens ainda na juventude, bem como de atores que já morreram, digitalmente. Mesmo assim, fiquei irremediavelmente apaixonada com o que conseguiram fazer em Mogli, de modo que meu coração está com ele.
Vencedor: Mogli - o menino lobo

Melhor Edição
Preferência: A Chegada
Aposta: La La Land
Porque? Como um filme cheio de inserções oníricas e repleto de referências à musicais antigos, a edição podia ser pesada e descompensada, dando ao filme uma cadência não fluída, no entanto não é o que acontece e La La Land sustenta as suas horas de duração com uma história ritmada e suave. Já A Chegada tem a minha preferência nessa categoria, porque o filme todo brinca com a edição para misturar sonho, passado e futuro, e o faz de forma intensa, mas que faz todo o sentido no filme.
Vencedor: Até o Último Homem

Melhor Fotografia
Preferência: Moonlight - Sob a luz do luar
Aposta: Moonlight - Sob a luz do luar
Porque? Esse filme sem a fotografia que tem, ficaria comprometido. Isso porque é possível ver como a narrativa das três fases da vida de Chiron dependem das transformações que acontecem, representadas pelas mudanças dos tons de azul e roxo. Esse filme dá uma aula de imagem e isso é indiscutível. Quem pode desbancá-lo, é La La Land, que traz na fotografia de Los Angeles excelentes elementos de ambientação da história.
Vencedor: La La Land



Melhor Maquiagem
Preferência: Esquadrão Suicida
Aposta: Esquadrão Suicida
Porque? Maquiagem é uma das categorias que os filmes de fantasia, sci-fi e aventura deitam e rolam. Normalmente esquecidos pelas categorias principais, sem dúvida alguma que são lembrados e prestigiados aqui. Dos três concorrentes, Esquadrão Suicida e Star Trek são os que mais têm gabarito (pelo histórico da premiação) para levarem as estatuetas, mas o filme dos vilões da DC é o que mais me parece se destacar nesse quesito.
Vencedor: Esquadrão Suicida

Melhor Figurino
Preferência: Jackie
Aposta: Jackie
Porque? Só de pensar em Jacqueline Kennedy, a gente já faz a associação dela com moda, então não teria filme que fizesse mais exigência de um figurino requintado e bem estudado, como esse. Os figurinistas de Jackie, além de captar a essência da primeira dama, conseguiram fazer com que o vestuário dos personagens fizesse menção aos usados por ela naquele período. 
Vencedor: Animais Fantástico e onde habitam

Melhor Desgin de Produção (Direção de Arte)
Preferência: Animais Fantásticos e onde habitam
Aposta: La La Land
Porque? Outra categoria que eles costumam dar preferência para filmes mais próximos da fantasia e exigência de World Building e este ano o mais próximo disso que tivemos foi La La Land e suas incursões fantasiosas e Animais Fantásticos, que junta a magia do mundo de J.K, num ambiente de desolação de uma Nova York dos anos 30. Ambos filmes tem potência para levar para casa e eu estarei torcendo para Animais Fantásticos.
Vencedor: La La Land



Categorias Coadjuvantes

Melhor Animação em curta-metragem
Preferência: Piper - descobrindo o mundo
Aposta: Piper - descobrindo o mundo
Porque? Annie Awards é um dos maiores prêmios de animação do mundo e normalmente os vencedores de lá, são vencedores de outros prêmios. Como Piper levou o Annie de curta-metragem, então acho muito provável que ele ganhe também no Oscar.
Vencedor: Piper - descobrindo o mundo

Melhor Animação em longa-metragem
Preferência: Moana - um mar de aventuras
Aposta: Zootopia - essa cidade é o bicho
Porque? É muito comum a Disney ser a principal aposta nessa categoria e esse ano as duas maiores concorrentes são do estúdio. Kubo é maravilhoso também, mas o zumzumzum que Zootopia gerou foi  mais do que o suficiente para ele ser considerado um dos melhores filmes do ano, bem como ser coroado em diversas premiações anteriores, como o Gobo de Ouro e o Annie Awards.
Vencedor: Zootopia - essa cidade é o bicho



Melhor Documentário em curta-metragem
Não assisti a todos os concorrentes, mas as apostas parecem estar em The White Helmets.
Vencedor: The white helmets

Melhor Documentário em longa-metragem
Preferência: Vida, animada.
Aposta: O.J Made in America
Porque? Essa parece ser uma das categorias mais acirradas deste ano, colocando temas importantíssimos em discussão. Vida, Animada me conquistou pelo elemento da animação, mas também porque Owen, o protagonista, mostra como se alinhar com algo que apaixona e move (como os filmes Disney no caso dele - e no meu, em certa medida) pode nos tirar da solidão. Já O.J é o filme que se mostra próximo dos norte-americanos, que adoram (re)contar narrativas de crimes e dramas locais. 
Vencedor: O.J Made in America


Melhor Curta-Metragem (ficção)
Não assisti a todos os concorrentes, mas as apostas parecem estar em Timecode.
Vencedor: Sing

Melhor Filme Estrangeiro
Preferência: O Apartamento
Aposta: O Apartamento
Porque? Novamente um filme do iraniano Asghar Farhadi, que já foi indicado e ganhou por A Separação. Outro filme sobre um cotidiano de casal, que sofre um abalo por causa de um terceiro indivíduo, de modo que mexe, de vez, com a relação à dois, bem como com os próprios personagens. Com um elenco excelente, que entrega atuações fortes e consistentes, O Apartamento é um dos favoritos para a vida, se você estiver procurando por um filme com a dose perfeita de vida comum e dramas mais próximos ao psicológico.
Vencedor: O Apartamento


Categorias Principais


Melhor Roteiro Adaptado
Preferência: Estrelas Além do Tempo
Aposta: Moonlight - sob a luz do luar
Porque? Com 5 filmes potentes concorrendo nessa categoria, foi difícil escolher um preferido e uma aposta, porque realmente acho que todos tem chance. Moonlight me parece o favorito por ter sido adaptado de uma peça de teatro de forma tão bem articulada, enquanto que eu adoraria que Estrelas Além do Tempo ganhasse essa, porque não acho que leve outro prêmio nessa cerimônia. Dúvida cruel, viu?!
Vencedor: Moonlight - sob a luz do luar

Melhor Roteiro Original
Preferência: Manchester à Beira Mar
Aposta: Manchester à Beira Mar
Porque? Como eu fiz questão de destacar no review sobre esse filme aqui no Mesa, o que sustenta o filme, além das atuações, é o roteiro que diz tanta coisa, sem dizer muito. Tem uma potência inerente a ele e eu imagino que é o prêmio mais coerente com o filme, de todos os que concorre.
Vencedor: Manchester à Beira Mar



Melhor Atriz Coadjuvante
Preferência: Michelle Williams
Aposta: Viola Davis
Porque? A Viola realmente está chegando num patamar Meryl Streep, de que pode ser colocada em um filme fazendo a conga, que vai ser incrível. Ninguém tem mais dúvidas sobre a sua força como atriz, bem como a sua importância no meio, uma forma de sacramentar isso, será dando mais esse prêmio para ela e aplaudindo essa mulher de pé. Mesmo assim, Michelle mexeu comigo profundamente com a sua atuação em Manchester à Beira Mar, conquistando a minha torcida.
Vencedora: Viola Davis

Melhor Ator Coadjuvante
Preferência: Dev Patel
Aposta: Mahershala Ali
Porque? Mahershala está em dois filmes muito bem contados neste ano, tanto em Moonlight, quanto em Estrelas Além do Tempo, personificando personagens completamente diferentes e com aspectos muito díspares de sua atuação a serem enfatizados, a Academia deve levar isso em conta, principalmente porque conquistou o SAG e o Globo de Ouro por essa atuação. Em contrapartida, temos Dev Patel em Lion, que conquistou o Bafta (tá que o Bafta costuma puxar para os britânicos).
Vencedor: Mahershala Ali



Melhor Atriz
Preferência: Natalie Portman
Aposta: Isabelle Huppert
Porque? Bom, a Isabelle levou praticamente todos os prêmios de atuação nas premiações pré-Oscar, o que já mostra a potência de sua personagem, bem como ela tem sido recebida, ao interpretar uma mulher em busca do homem que a violentou. Do outro lado, temos uma Natalie Portman incrível em Jackie, que arrebatou essa que vos fala. 
Vencedora: Emma Stone

Melhor Ator
Preferência: Viggo Mortensen
Aposta: Casey Affleck
Porque? Sinceramente, não acho que Casey tenha gabarito o suficiente para levar essa estatueta para casa. Seu personagem, Lee, em Manchester a Beira Mar é interessante, um pouco confuso, mas definitivamente parece ter caído nas graças das premiações, já que levou quase todas que concorreu, incluindo o Globo de Ouro, Bafta e Critics Choice Awards. Viggo, que concorreu em todas essas premiações, mas só levou o Satellite Awards, tem muito mais força, na minha opinião, mas parece difícil que leve.
Vencedor: Casey Affleck



Melhor Diretor
Preferência: Barry Jenkins
Aposta: Barry Jenkins
Porque? Premiar um negro nessa categoria não é apenas um ato de merecimento (já que Barry dirigiu Moonlight de um jeito magnífico), mas também político, logo, imagino que se existe uma disputa contundente entre La La Land e Moonlight pelo posto de Melhor Filme, então é muito possível que seja essa categoria a fazer o tira-teima, dando à Academia chance de sair pela tangente, ainda se mantendo conservadora, mas reconhecendo que Moonlight é uma obra prima. 
Vencedor: Damien Chazelle

Melhor Filme
Preferência: Moonlight
Aposta: La La Land
Porque? Como eu falei no quadro sobre Diretor, imagino que eles irão premiar a direção de Moonlight, dando o prêmio de Melhor Filme para La La Land, como tem sido esperado. Como os dois filmes tocam em questões muito díspares e Moonlight está um pouco mais na curva dos assuntos delicados, penso que a Academia vá preferir o "seguro" e premiar La La Land.
Vencedor: Moonlight - sob a luz do luar


Confira as críticas de filmes que estão concorrendo neste ano:

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.