Desafio da Cápsula - I

Então, desde que eu assisti The True Cost fiquei pensando nas possibilidades de se fazer alguma coisa, além de um consumo consciente e ecofriendly. Foi aí que fiquei sabendo da ideia de Caroline Rector e o seu "Armário-Cápsula"

Segundo Caroline, em seu blog Unfancy, a ideia do "Armário Cápsula", veio do fato de que ela sentia como se cada vez que ela precisasse se vestir para uma ocasião, ficasse sem escolhas, muito mais do que com diversas, e por conta disso, ela decidiu montar o conceito do "Armário-Cápsula" e testar. Nesse armário você tem menos peças, mas Caroline afirma que nunca se sentiu tão satisfeita! 
E não é que deu super certo?!
Mas do que se trata esse conceito?
É o seguinte: A cada 3 meses Caroline seleciona 37 peças versáteis do seu guarda-roupas e passa a estação inteira usando-as, revesando-as e reinventando-as. As outras várias peças ficam "estocadas" até serem novamente revisitadas, ou não. Caso tenham peças que não foram revisitadas em duas ou mais ocasiões são vendidas ou doadas.
Caroline organiza o seu guarda-roupas com 9 pares de sapato, 9 peças de baixo, 15 peças de cima, 2 vestidos e 2 casacos e indica para quem tem vontade de fazer o mesmo, que mantenha uma faixa de 30 a 40 peças por período, de modo que o que realmente represente você e o seu estilo apareça.
Então, foi aí que eu decidi que essa ideia poderia ser boa pra mim! Yay! 
Se você se interessa por esse método, vem comigo que eu vou explicar passo a passo o que precisa fazer para criar o seu Armário Cápsula e ainda adaptar ele para você e de acordo com a sua realidade.

Parte I - O Planejamento

No seu blog, Caroline separou um manual para montar a sua Cápsula, dividido em alguns passos que você pode fazer em casa com uma reflexão profunda e, claro, com bom senso e força de vontade. Além do manual da Caroline, vale a pena conhecer o criado por Anuschka Rees no blog Into Mind, os dois planners juntos fazem maravilhas para o seu pontapé inicial!

01 - Lifestyle - Comente sobre o seu dia a dia. O que você faz, quais as suas atividades rotineiras. Você pega ônibus? Anda mais de carro? Trabalha em escritório? Sua atividade é mais em pé? Aqui vale acrescentar eventos especiais que já estão agendados, férias, feriados, passeios, viagens e até o tempo de ficar em casa.
O que funcionou pra mim: Levar em consideração que a maior parte dos meus dias não seguem uma rotina fechada de fato, então precisava de roupas que eu pudesse passar o dia na rua, o dia trabalhando, o dia estudando e/ou o dia em casa. Além disso, aliei o planner da Caroline com do blog Into Mind, que listou as possíveis atividades que poderiam vir nesse mês.

02 - Associação de palavras - Se você fosse descrever o seu estilo em até 6 palavras quais seriam? O exercício nesse caso, é do se auto-reconhecer e saber o que te agrada em uma roupa e em estilos. Estão valendo estilos, como boho, clássico, preppy, retrô, etc; e valem termos mais específicos, como: romântico, girly, chique, tendência, esportivo e assim por diante...
O que funcionou para mim: Esse exercício, aliado ao do Into Mind, de "Descrever o seu estilo em 3 palavras" + "Quem é o seu principal ícone de estilo" deu super certo. Cheguei a consenso de algo que já sabia: Estilo: retrô, romântica, girly, clássica, preppy e colorida. Ícone de estilo: Zooey Deschanel.

03 - Marcas e Lojas: Você tem um estilista favorito? Ou uma marca que gosta muito? Aqui é o momento de colocar no papel aqueles e aquelas que você mais gosta, incluindo orçamento. Isso cria uma linha de raciocínio na hora de comprar novas peças e ajuda você a estabelecer um orçamento mais adequado. 
O que funcionou pra mim: Também aliei o planner da Caroline com o Into Mind e sua questão: "Você tem algum objetivo de estilo ou resolução para as compras?", chegando à conclusão que as lojas que eu mais gosto (que você pode ver algumas delas aqui) são relacionadas aos meus objetivos de compra. Eles giram em torno à Trabalhar na descoberta e manutenção do meu estilo; ser mais ousada, mais corajosa e mais confiante; focar em marcas de slow-fashion. Ao perceber essas semelhanças entre si, não tive dúvida, brechós (como Brilhantina e Dorotéia, por exemplo), e lojas como essas aqui estão na minha lista.

04 - Cores e tons: Nesta parte você vai selecionar os tons e as cores que mais gosta e que acha que são mais adequados para você. Você eleje a partir do seu gosto pessoal, mas deve levar em consideração se a cor tem a ver com a sua rotina e o seu dia a dia. Você vai escolher duas cores mais predominantes, uma que é menos predominante e três que servirão para ressaltar o todo.
O que funcionou pra mim: Essa parte foi um pouco difícil para mim, porque eu adoro cor! Vermelho, Rosa, Azul, Amarelo...o que for possível eu to usando, mas já que precisava, listei da seguinte forma: Mais predominante: azul, vermelho; Menos predominante: preto; Ressaltar: rosa, branco e verde. 

05 - Peças-Chave: Eleja e selecione peças que não podem faltar na sua Cápsula. Isso quer dizer que você vai ver quais são as roupas que você mais gosta e que você acredita que fazem algo positivo para o seu look diário. Nesse caso você vai deixar de fora roupas de academia, pijamas, lingerie e moda festa (porque as regras pra essas peças são outras*).
O que funcionou pra mim: Selecionar cinco peças: uma de cima, uma de baixo, um casaco, um vestido e um sapato indispensáveis, daqueles que independente de tudo, vou usar! Rss.  

06 - Looks-Chave: Pense em looks completos que você mais gosta de usar. Pense desde o sapato, até o acessório de cabelo. Esses looks devem funcionar no seu dia a dia e eles serão a base para o resto do seu guarda-roupas.
O que funcionou para mim: peguei as cinco peças acima e organizei três looks que funcionam indiscutivelmente com cada uma delas, o que totalizou 15 looks completos. 

07 - Lista de compras: Se for preciso (e nem sempre é), separe uma lista com itens que você precisa comprar para que o seu guarda-roupas fique completo para aquela temporada. Verifique a estação e se é necessário trocar alguma das suas peças chaves, por exemplo. 
O que funcionou para mim: o objetivo foi o de não gastar dinheiro com roupas. Pelo menos nesses primeiros três meses.

08 - Orçamento: Pré-estabeleça um budget para cada temporada e não o ultrapasse. O ideal mesmo, é não precisar fazer compras por um ano, já que você vai poder conhecer a fundo o seu guarda-roupas assim, mas se houver necessidade de adquirir algo novo, então crie um limite de dinheiros.
O que funcionou para mim: o objetivo é o de não gastar dinheiro com roupas, mas separei R$150,00 para eventuais necessidades (até ajustes entra nesse bolo).

09 - O Armário-Cápsula: Liste suas 30 a 40 peças que vão compor os seus looks pelos próximos meses e não caia em tentação de visitar outras peças que não foram as selecionadas e/ou comprar novas roupas nesse período.
O que funcionou para mim: Parti das 5 peças indispensáveis e dos 15 looks que pensei para montar o meu armário cápsula desses três primeiros meses que consistem em:
8 sapatos (sapatilha gelo; sapato gelo; sapatilha preta de couro; sapatilha vermelha de laço; sapatilha listrada branca e preta; all star preto; sapatênis preto; sapatênis azul de bolinha branca) // 2 casacos (blazer verde esmeralda; cardigã lilás) // 14 partes de cima (blusa preta de bolinha; blusa de botão listrada; blusa de cetim roxa; blusa peplum offwhite; camiseta de melancia; camiseta branca; blusa branca de cetim; blusa verde de alça; camiseta vermelha de Lhama; camiseta preta superman; camiseta azul instagram; blusa preta de bolinha maga 3/4; blusa branca e azul de cetim; camisa rosa com manga branca) // 8 partes de baixo (calça azul de piquet; calça jeans escura; short jeans azul; saia preta midi; saia vermelha cintura alta; bermuda rosa clara; saia listrada azul e brana; saia preta de bolinhas brancas) // 8 vestidos (vestido vintage azul claro; vestido preto com estampas de navy; vestido preto flare; vestido flamingo; vestido bailarina; vestido verdinho de coroas; vestido Amélie; vestido rosa de bolinhas pretas) = 40 peças

10 - "Querido Diário": É importante, segundo Caroline, que você anote as lições que aprendeu em cada temporada, assim problemas com as roupas selecionadas e/ou necessidades que você sentiu poderão ser sanados futuramente.
O que funcionou para mim: A cada mês vou comentar sobre as peças que escolhi e como consegui usar cada uma delas, mostrando os looks e as possibilidades.

*Segundo o blog de Caroline, peças como pijamas, academia, roupas de festa, de praia e lingeries não entram na cápsula, porque são peças que não, necessariamente estão na rotina diária de todo mundo. O ideal é ter de 3 a 5 looks completos para academia, festa, moda praia e pijamas. Para ela, as lingeries são as mais complexas, porque cada mulher tem as suas favoritas e por isso, é preciso ver o que te faz bem. Ela separou três categorias para as lingeries que são: 
1 - Confortável; 2 - Prática; 3 - Faz você se sentir linda. 
Mas vamos lá, um desafio de cada vez! heheheh

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.