Cometas que se encontram

Remember Sunday é uma fofa, porém perspicaz comédia romântica, que tem um princípio semelhante ao de Como se fosse a primeira vez, mas que surpreende pela espiritualidade de seus diálogos e seus personagens.

Como se fosse a primeira vez é o tipo de comédia romântica que costuma agradar a todo mundo. Tem humor, Drew Barrymore, uma boa trilha sonora, personagens engraçados e momentos de pura é total doçura. Além disso, a ideia lindeza de fazer alguém se (re)apaixonar por você todos os dias (e o oposto também) faz com que a gente solte risadas bobas e até core um pouco.
Assim, partindo de um mote em comum, Remember Sunday (Como não esquecer essa garota) tem elementos semelhantes, porém inova com um pouco mais de complexidade em seus personagens e numa metáfora sutil, porém determinante, que é a relação entre ficar preso sem uma memória recente e ficar preso por medo de seguir em frente.
Em Remeber Sunday conhecemos Gus (Zachary Levi), um cosmólogo em seus trinta anos que após um aneurisma perdeu completamente a capacidade de memorizar fatos recentes. Acordando todos os dias em confusão, sua irmã Lucy (Merrit Wever) e seu melhor amigo Jerry (David Hoffman) o ajudam a levar uma vida normal, mesmo que pacata e sem grandes desafios. Até que ele conhece Molly (Alexis Bledel), uma simpática, porém azarada garçonete que tem um verdadeiro amor por flores. Num golpe do destino, ela resolve deixar uma mensagem para ele e a partir dali as suas vidas se cruzam.

Talvez o que mais mereça destaque nesse longa, é a forma como os personagens são apresentados para nós. Diferemente de muitas comédias românticas, Molly e Gus estão longe de serem pessoas e um casal perfeito. Na verdade eles estão entre altos e baixos, confusões, comunicações tortas e sonhos mal acabados. São seres humanos em toda a sua glória, complexidade e tropeços, marcados por diálogos interessantes e despretenciossamente complexos. 
Na verdade, o filme todo é despretenciosamente complexo, especialmente o seu roteiro, que é marcado por reflexões sobre a vida, sobre as nossas ações e sobre como é fácil cair no marasmo da mesmice e estagnação, usando de desculpas prontas e culpando os outros por nossos sentimentos e dúvidas. 
Ressalto que Alexis Bledel está, como normalmente fica, agindo como Rory de Gilmore Girls, mesmo assim, esse tom combinou com a personagem, que apesar de destrambelhada é um doce e apaixonante. Enquanto isso, Zachary Levi (que eu conhecia muito mais pela voz em Enrolados, do que pela carinha), vende muito bem Gus para nós, garotas que adoram uma comédia romântica levinha para passar o tempo. Seu personagem é um daqueles 'dorkadorables', facilmente apaixonáveis, e sua intensa paixão pelos astros é realmente um dos seus maiores atrativos, afinal de contas, quem não quer ter contato com alguém que ainda consegue se encantar com o mundo?!

Vale dizer, que Remember Sunday é indicado para pessoas que querem se divertir na medida certa, mas não para quem quer ver um filme cheio de rebuscamento, na verdade está mais para um daqueles pipocas de final de tarde, num domingo preguiçoso, depois de não ter mais nada para fazer.
Já o final incerto dá o tom de que tudo é possível, uma vez que o ser humano é completamente adaptável e passível de surpreender até o mais cético dos seres.

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.