Blogagem Coletiva: Séries que eu vou retomar em 2016

Então gente, foi hard, mas eu consegui selecionar as séries que eu vou (e eu vou com certeza, com força, foco e fé) retomar neste ano. Esse blogagem coletiva foi sugerido pelo Blogs que Interagem e por ser o primeiro do ano, eu quis caprichar (até pra mostrar serviço, depois de um mês e pouquinho meio afastada ~férias~) mas vamos lá, segue a minha listinha:


10 - Awkward

Eu falei dessa série aqui no Depois do Piloto 2 e realmente acho ela super divertida. Tem essa vibe High School que eu curto, especialmente para ver algo super leve, tranquilo e que faz bem pra alma (bonito isso). De modo bem geral, acho que a história serve para qualquer época do ano e já me prometi que sempre que tiver um tempinho sobrando, vou assistir.
Sobre o que é? Jenna está no ensino médio e é um verdadeiro para-raios para situações, no mínimo, embaraçosas. Porém, ela tem um senso crítico muito aflorado e é bem mais madura que a maior parte das adolescentes, o que torna tudo ainda mais engraçado, uma vez que essas tais situações embaraçosas só servem para colocá-la de frente com a total necessidade de se reinventar e claro, encarar tudo com bom humor.

09 - Rizzoli & Isles

Adoro essa série e fiquei super chateada quando comecei a ter dificuldade de encontrar os episódios. Acabei parando de assistir no meio da 5a temporada e quero muito saber o que acontece em seguida. Esse ano já vai para a 7a e eu to lá...embromando...
Sobre o que é? Duas melhores amigas que trabalham no departamento de polícia de Boston. Rizzoli é detetive e Isles é legista. Como toda narrativa que se preze, elas são muito diferentes uma da outra, mas como são verdadeiramente amigas, elas se respeitam e tem muito jogo de cintura para solucionar os crimes. O que eu acho mais bacana na série, é o fato dela realmente se aprofundar nas personagens, tratando elas de modo complexo e com várias camadas, sem cair em clichês típicos de séries voltadas para o público feminino e/ou de séries com um viés de investigação.

08 - Game of Thrones

Ok, pode me julgar! Eu realmente abandonei GOT no meio da segunda temporada e não foi por falta de vontade de assistir tudo no final de semana. Não...na verdade, foi justamente pela vontade incessante de ver TUDO de uma vez só. Eu tava no meio de um período academicamente complicado e precisava me afastar de coisas que me viciassem...logo...
Sobre o que é? Mentira que eu tenho que explicar sobre o que é!

07 - Orange is the new black

"Cara, tipo assim, cê ta de sacanagem!", não tô não! Ainda não assisti a terceira temporada e fiquei ainda mais desistimulada depois de ler que a S3 ficou bem chatinha e só melhorou no final. Não sei se tenho paciência para isso, mas decidi que vou retomar e vou assistir!
Sobre o que é? Piper é uma burguesinha que ao se deparar com a possibilidade de ser denunciada em um esquema de tráfico de drogas, decide se entregar para a polícia, na esperança que a sua pena seja curta e que em menos de um ano ela retorne para a sua antiga vida. Claro que as coisas não saem exatamente assim, tão simples, principalmente porque a sua ex e a causa do seu envolvimento no esquema todo, também está presa...

06 - Bates Motel

Eu comecei a ver o Bates Motel há uns dois anos, mas acabei parando de acompanhar quando a série entrou de férias, entre a segunda e a terceira temporada. Não assisti mais, só que é uma série realmente arrebatadora.
Sobre o que é? A série acompanha o desenvolvimento psicopático (não sei se essa palavra existe, rss) de Norman Bates, o personagem psicopata de Psicose (1960 de Alfred Hitchcock), desde a intensa relação com a sua mãe, até o momento em que ele começa a desenvolver esse lado mais sombrio.

05 - Doctor Who

Então.....outra série que eu vou ser castigada por não ter conseguido acompanhar como deveria. Acontece que realmente não tive fôlego pra tanto episódio de Sci-Fi, não naquele momento que comecei a ver. Logo, acabei abadonando a série no meio da segunda temporada...mas vou retornar...afinal, o ano tem 365 dias...
Sobre o que é? Uma das mais clássicas narrativas de Sci-Fi contemporâneas, Doctor Who é a mais longa série de ficção científica da história, porque começou na década de 60 e continuou na produção com gás total. Ela é constituída de narrativas imaginativas e que remetem muito aos Space Operas. 

04 - Grimm

Quando eu tava fazendo meu TCC, eu tava na vibe das séries baseadas em contos de fada, mas acabou que Grimm foi deixada de lado depois da segunda tempora (eu tenho uma coisa com segundas temporadas....), mais porque achei que a série ficou um pouco perdida, maaaassss li que ela se encontrou de novo, então fiquei curiosa pra ver como fizeram isso!
Sobre o que é? Nick Burkhardt é o último de uma linhagem especial, os Grimm. Pessoas que são dotadas de conhecimentos sobrenaturais inatos e que são capazes de ver os seres encantados, mesmo quando eles estão infiltrados e vivendo como pessoas comuns. Nick usa a sua habilidade para solucionar crimes que podem ter tido o dedo de algum ser mágico.

03 - Black Mirror

Eu vi a primeira temporada dessa série num tapa, ficando viciada e falando dela o tempo todo. Resolvi dar um tempo, não voltei e nem vi a 2a temporada. Segundo me disseram, o tema que norteia a S2 é tecnologias e terror/suspense. Fiquei com medinho, porque sou dessas, mas vou encarar mesmo assim! 
Sobre o que é? Black Mirror é uma série de histórias independentes entre si, mas que tem um tema em comum: a tecnologia no cotidiano humano. Eles fazem curtas metragens, relacionando os artefatos, os hábitos e o comportamento das pessoas, frente à tecnologias, como o smartphone, as redes sociais e até chips. 

02 - Gotham

Amo a estética de Gotham! Foi por isso que comecei a ver a série. Também fiquei surpresa que eles realmente se aventuraram a deixar a cidade como protagonista e como moldadora do caráter dos personngens. Acabei não pegando a segunda temporada para assistir, e daqui a pouco estreia a terceira e eu to aqui...chupando dedo!
Sobre o que é? Algumas pessoas dizem que Gotham é sobre a origem dos vilões e do próprio Batman, pra mim não é o caso. Gotham fala sobre degradação, criminalidade, corrupção e como tudo isso estar presente num lugar, é capaz de influenciar diretamente como as pessoas vivem e como elas se moldam. 

01 - Mad Men 

Eu vivo falando dessa série aqui, no entanto poucas pessoas sabem que eu não cheguei a ver a última temporada. Sim...o negócio foi que a última temporada se dividiu em duas e teve um hiato meio grande entre uma parte e outra, logo eu decidi que, para não sofrer, eu ia ver a última temporada inteira depois de rever toda a série. Aham...quem disse que eu tive tempo? Não fiz uma coisa, nem outra =P acabei parando de rever na 4a temporada. Mas esse ano eu termino. Tanto de rever, quanto de ver o final da história de Don Draper.
Sobre o que é? Mad Men se passa entre o final dos anos 50 e o início dos anos 60, contando a história dos homens e mulheres da propaganda. Com episódios escritos por Keith Huff (saiba mais sobre ele aqui), essa série é intensa, dramática, tem muito whisky (nhami!) e vai te envolvendo sem você perceber. Fora que os figurinos, criados por Janie Byant são de tirar o fôlego (já falei sobre isso aqui) e os personagens são todos lindos e complexos. Amor na certa!

Mas Aninha, como você vai conseguir ter tempo de ver tudo isso? 
Sabe-se lá, mas o desafio está lançado, no final do ano eu conto pra vocês se consegui. Torçam aí e enquanto isso aproveitem para conferir as listas do Blogueiros que Interagem:
E das parceiras de Café: Lady Salieri e Monique

Share:

2 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.