Mais lidos 2015

Todo ano, quando passamos pelo meu aniversário, sempre preparo uma postagem com os posts mais lidos entre aqueles 365 dias que se passaram. Assim, é um prazer compartilhar com vocês, os 10 mais lidos de 2015!

10 - Ninguém é mal, por ser mau 2

A crítica sobre o filme Descendentes deu o que falar aqui no Mesa, justamente porque se trata de um filme que foi bastante comentado durante o ano inteiro. Foi uma árdua tarefa admitir que não gostei do filme e que esperava bem mais, mas consegui e acabei desabafando também.

Na sua primeira participação aqui no Mesa, a cafecólatra Amanda Mota garantiu o nono lugar entre os posts mais lidos deste ano, que beleza! No texto a biomédica explica como o telessequestro de Peeta Mellark em Jogos Vorazes seria possível no mundo real

No quarto texto sobre o que eu observo em viagens e figurado com uma foto feita por mim, da janela do avião, eu falo sobre o medo de voar, primeiras viagens e muito mais! É um texto bastante sentimental e vai fundo na questão do motivo do avião ter se tornado tão subjugado.

Neste eu resolvi fazer uma homenagem às mulheres através de uma lista com 10 filmes sobre mulheres inspiradoras. A lista inclui mulheres reais, como Piaf, Jane Austen e Frida Kahlo, e fictícias como Katherine e Olive.

Crítica do filme live action da Ciderella. Nesse post eu falei sobre as características que o tornaram uma ótima obra, como alguns dos aspectos mais lindos foram mantidos e como esse filme pode ser o primeiro passo pra Disney resgatar a delicadeza do Era uma Vez, tão colocado de lado por causa das versões "dark".

Review sobre o longa Divertidamente. Adorei escrever sobre esse filme porque é Disney, porque é Pixar e porque é animação. Acredito que o filme será um forte concorrente na categoria de longa metragem de animação, quando a temporada de premiações chegar. Além disso, também falei sobre alguns princípios interessantes que parecem estar norteando filmes sobre ciências, que a humanização do tópico.


Nessa BC a proposta era falar sobre filmes que me fizeram chorar, podendo ser de tristeza, de alegria, de paz, de qualquer uma dessas coisas, ou outras mais. A proposta do foi tão legal, que eu precisava fazer uma coisa diferente, logo, resolvi que ia descrever o porque desses filmes terem me feito chorar entre soluços. 

Outra proposta delícia de BC do Blogs que Interagem. A minha liste tem filme dos anos 60, 80, 90, 00s e por aí vai. Entre comédias românticas, off beat dramas e muitos outros, a lista tem 15 filmes ótimos para passar o tempo, se distrair, emocionar e se apaixonar completamente, querendo ver muitas e muitas outras vezes! 

Esse veio como uma surpresa para mim, pois não sabia que o filme daria tanto caldo aqui no Mesa. Obcecado por uma raposa é o texto que fiz sobre o filme Foxcatcher, com Mark Ruffalo, Channing Tatum e Steve Carell, e nele eu falo sobre como a história é intensa e foi transportada para o longa metragem de modo sombrio, quase parado, mas bastante psicológico. Achei o filme um pouco super estimado, mas definitivamente é um filme que vale a pena assistir.


Inspirada por uma matéria que a minha mãe me mostrou, fiz essa lista de 10 filmes para comer com os olhos, porque cinema e gastronomia tem tudo a ver! Entre animações, live actions e filmes já consagrados (já que tem na cozinha o tema principal), trouxe o meu próprio toque. Vem ver!

E você, sabe me dizer qual foi o seu post favorito de 2015?

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.