15 em 2015 - Cutlura Pop


Entre amizades, beijos, abraços, projetos e estudos, 2015 me trouxe muita coisa legal da cultura pop também e como forma de homenagear isso e, também, torcer para que todos vocês se animem em conhecer essas belezuras, eu trago para vocês 15 coisas que se tornaram inesquecíveis em 2015, edição Cultura Pop.

15 - Cúmplices de um Resgate

Sim, você pode me julgar. Fica a vontade! Mas esse remake de Complices al rescate tem me arrebatado cada vez mais. Primeiro, porque é remake da novela que eu mais gostei na minha pré-adolescência. Segundo, porque tem uma elenco super bonito e bom. Terceiro, porque me lembra, em vários termos, a Chiquititas tradicional, onde crianças são crianças! Canal com todos os episódios de C1R.

14 - Leenda Productions

Eu não sou muito viciada em youtube, na verdade uso mais para ver trailers de filmes que vão sair, procurar séries antigas (ou cenas delas) e ver tutoriais de maquiagem (que eu acabo não tendo paciência de fazer tudo direitinho =P), mas os vídeos da Leenda são muito divertidos e sempre tenho tempo para vê-los, porque ela não fica enrolando e/ou só fica de frente para a câmera falando a sua opinião sobre as coisas. Com temas cotidianos, a canadense conta pra gente o seu ponto de vista com situações divertidíssimas e totalmente relacionáveis. Acesse o canal aqui.

13 - How to get away with murder

Que série é essa, gentchy?! Ser fissurada nela não é o suficiente para descrever como ela envolve, acalma, suga e depois de deixa maluco para saber o que acontecerá em seguida. Outra série que segue a linha mais humanista dos personagens construídos em camadas, HTGAWM tem uma narrativa intensa e bastante complexa, além de mexer com a nossa mente nos fazendo questionar diversas vezes o que é certo, o que é ético e o que é justo. Leia o post que falo sobre

12 - Show do Ed Sheeran

TODO MUNDO sabe que eu sou louca com esse ruivo! Então não é preciso dizer que uma das melhores 'coisas' de 2015, na cultura pop, foi, justamente, poder ficar tão próxima deste ser. Poder cantar com ele, poder me emocionar com ele e, claro, poder saber que minha admiração não é infudada. Leia sobre o show do Edinho

11 - Sete Vidas

A novela de Lícia Manzo entrou, definitivamente, para a minha lista de novelas favoritas de todos os tempos, justamente porque entre uma cena e outra que "não acontece nada", algo acontecia conosco e algo nos levava a repensar nossa própria existência. Se você não assistiu essa novela, só posso lamentar por você e desejar que um dia, você se pegue envolto nessa atmosfera existencialista e de tirar o fôlego. Leia o post que falo sobre

10 - Jaloo

Meu conterrâneo, esse rapaz tem me conquistado cada vez mais, especialmente depois de ouvir o seu álbum #1, com músicas eletrônicas, melódicas e com letras espertíssimas. Jaloo mistura rítmos, esquemas, melodias e brinca com o auto-tune. Como não amar? Conheça aqui.

09 - Shawn Mendes

E já que a gente tá falando de coisas que a gente descobre por aí, o que dizer sobre Shawn? Esse lindozo, novinho, mas que tem tanto a contar pra gente?! Suas músicas lembram a batida de outras grandes influências, como Ed Sheeran, Jamie Cullum, Ben Haenow, entre muitos outros. Já ouviu? Eu falei sobre ele aqui.

08 - Agent Carter

Desde o primeiro momento em que a vi em Capitão América, já sabia que iria admirá-la, mas não sabia que seria tanto! Em sua série homônima, a personagem Peggy Carter brilha e resignifica o espaço da mulher entre as séries de tv, dedicadas ao mundo dos super heróis. A série vai ter sua segunda temporada a partir de janeiro do ano que vem. Já estamos de olho, mas enquanto isso, vem ver mais detalhes sobre a primeira temporada.

07 - AnaVitoria

Essas duas lindezas de Tocantis entraram nas minhas playlists da vida! Com músicas autorais e também alguns covers, Ana e Vitória tem uma delicadeza sutil de cantar e encantar, o que torna todas as músicas cantadas por elas deliciosas melodias de ninar, aconchegar e amar. Vem cá conhecer essas moças e aproveite para ajudar elas a conseguir fazer o primeiro disco.

06 - Série de livros "Crônicas Lunares".

Fazia tempo que eu não pegava uma série de livros que me prendia desta forma! Estou irremediavelmente apaixonada pelos personagens, pela atmosfera e, claro, pelo Lobo! Marissa Meyer entrou para o hall das escritoras que eu to de olho e querendo adquirir novas obras. Já que puxei um pouco do saco da moça, é pedir demais que Winter seja lançado logo em português?! :D

05 - Nouvelle Vague

O movimento francês da Nouvelle Vague não é de hoje (dãh!) mas esse ano eu retomei os filmes que assistira anos atrás e, posso dizer para vocês, que delícia revê-los com os conhecimentos adquiridos na pós graduação e também acompanhando o meu orientador no estágio docência. Ter contato novamente com Truffault, Resnais, Godard e Varda me fizeram ter várias ideias para o blog e também para artigos acadêmicos, mas depois eu conto para vocês com mais detalhes ;) 

04 - The Disappearance of Eleanor Rigby

Mesmo meses depois de ter visto, eu ainda não sei muito bem como me sinto quando penso sobre esse filme. Ele mexeu comigo de tantas formas, que talvez, se você ainda não tiver visto, também se deixe arrebatar por esse filme, que foi feito em três partes. Uma contando o lado dele e o dela, uma contando o dela, e uma contando o dele. Ainda não tenho coragem pra ver as partes separadas, mas clica aqui que você vai ver o que eu tenho a dizer sobre a parte dos dois.

03 - Campanha de Jogos Vorazes

Mais significativo do que os filmes em si, a campanha da Lionsgate em torno das estreias dos filmes acabou se tornando um vício para mim. Tanto por ser o tema da minha dissertação de mestrado, quanto pelo fato de que a cada piscada que eu dava, novas informações iam surgindo e se expandindo. Que mundo lindo que eles criaram!

02 - Star Wars

Como uma força a parte das duas trilogias anteriores, este sétimo filme da franquia emociona, envolve e ainda traz lembranças ternas e queridas de uma space opera clássica. Com personagens ricos, momentos de total extase e um resgate constante do porque é uma das maiores franquias da história da cultura pop, O Despertar da Força é um dos highlights deste e de muitos outros anos que virão.

01 - Whiplash

Definitivamente foi o filme que eu mais gostei de ver este ano. É forte, intenso e não guarda palavras. Na verdade nem guarda emoções. Joga na nossa cara todos sentimentos que se pode ter a frente de uma obra como essa. Bravo! Duplamente Bravo! Veja o post sobre o filme

E você, me conta, quais as 15 coisas da cultura pop que mais te marcaram esse ano?

Share:

3 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.