Flórida 103

Continuando o especial de viagem sobre Flórida, hoje tem dicas espertas para você aproveitar o melhor dos parques da marca "Sea World & Entertainment". Confira as dicas:



Sea World Parks & Entertainment
Quatro parques compõem o Sea World Parks & Entertainment e cada um deles tem um foco diferente, mas no final todos são voltados para a vida animal e em seus habitats naturais. 

Sea World

Provavelmente você deve se lembrar da baleia Shamu, que interpretou a orca Willie em Free Willie. Essa baleia é o símbolo do parque Sea World, dedicado totalmente à vida marinha e suas diversas espécies. Neste parque você dividirá o seu tempo entre apresentações especiais e brinquedos emocionantes.
Entre as apresentações se destacam a Blue Horizon, um espetáculo que mistura aves treinadas e golfinhos acrobáticos; e a famosa One Ocean, o show das orcas treinadas, que foi completamente reformado em 2011 e hoje mistura a tecnologia com a graciosidade desses mamíferos aquáticos. Durante o ano de 2014, o Sea World comemora aniversário com o show noturno especial Shamu’s Celebration: Light up the night, com uma nova produção e músicas inéditas.
Caso você esteja com crianças e não poça aproveitar as atrações radicais, o ideal são os programas para a família toda, como a Antartica-Empire of the Penguim, que você pode escolher se vai fazer o passeio a pé, apreciando cada parte da vista, ou se vai pegar um carrinho. De qualquer forma, ao final do passeio você encontra uma colônia de 250 pinguins de diversas espécies.
Outra atração para a família toda é a TurtleTrek, onde os visitantes ficam diante de 1,5mil peixes de agua salgada de diversas tartarugas marinhas, em meio a um filme 3D que o faz sentir como uma. O shark encounter promove um encontro entre os visitantes e os fabulosos tubarões. Tudo visto através de seguros túneis de vidro.
Para as crianças se divertirem muito, a Shamu’s happy harbor imita um navio pirata e tem várias atividades divertidas, como trombas d’água, xícara maluca e uma montanha russa infantil.
Falando em montanha russa, as duas principais do parque são: a Manta, uma montanha russa inspirada no deslizar delicado da Arraia Manta, uma gigantesca espécime marinha. Neste brinquedo você vai fazer uma viagem de peito para baixo, que sobe a uma altura de 43 metros, arranca a 90 km/h e encara loppings, inversões e curvas que passam próximo a água; já com sete loppings e um percurso longo, a Kraken é uma montanha clássica, que de novidade é o fato de você passear com os pés soltos.

Busch Gardens

Não exatamente em Orlando, mas em Tampa Bay (a uma hora de distância de Orlando), o Busch Gardens se ergue como a melhor opção para aqueles que gostam de emoção, adrenalina e montanhas russas incríveis.
Começando pelas atrações mais lights temos a Serengeti Safari, uma área de interação com animais, onde, em um carro aberto, você vê zebras, antílopes, avestruzes e girafas, sendo esta última possível alimentar pessoalmente. Vale ressaltar que o roteiro é a parte, mas a experiência é única; a Animal Care Center é um espaço em que você observa os cuidados e tratamentos dedicados aos animais de diversas espécies. Até mesmo cirurgias são possíveis serem vistas.
Se você quiser ver animais em momentos de total liberdade, então deve aproveitar o Cheetah Run, onde os guepardos treinados mostram toda a sua velocidade; o Walkabout Way é repleto de cangurus e você fica sabendo de todas as curiosidades que envolvem esse marsupial; o Tiger Trail é uma área dedicada aos tigres e a Myombe Reserve é a dos chimpanzés e gorilas.
Para quem está com crianças, a Jungala é muito divertida e mostra uma perspectiva avantajada do parque, sem grandes radicalismos. Também a Sesame Street Safari of Fun, guarda um playground com uma montanha russa infantil. Por fim, a Air Grover o Noe-Patra & the Hippos of the Nile, que apesar do nome complicado, nada mais é do que um passeio molhado pelo “rio Nilo”.
Agora vamos falar de pura emoção! Com 12 montanhas russas e mais algumas atrações radicais em todo o parque, o Busch oferece diferentes níveis de adrenalina, mas as que mais merecem destaque são: 
Falcon’s Fury, uma queda de 102 metros de altura, inspirada na queda do Falcão durante a caça. Esta atração é novidade no parque e levanta os cabelos até dos mais corajosos, quando despenca em uma velocidade de 96km/h. Falando em velocidade, a Cheetah Hunt, inspirada nos movimentos de corrida do guepardo, é uma montanha russa que pega velocidade em momentos distintos do percurso, mas o que mais é interessante é que os momentos de maior velocidade são os de subida.
A Kumba é uma montanha russa clássica, que tem várias subidas e descidas aceleradas, o que a diferencia é o desenho em espiral que leva seus viajantes a ficar diversas vezes de cabeça para baixo. Enquanto a Montu inverte seu sentido diversas vezes, deixando seus passageiros, que estão de pernas soltas, suspensos. Já a Sheikra leva todo mundo a um começo tranquilo, subindo até que chega a 60 metros de altura, ali, observando a imensidão do parque, todos ficam pendurados por 5 segundos, até que a montanha russa segue o seu percurso, até atingir 122km/h. Imperdível!
Para quem está mais a vontade com shows e espetáculos, o Busch oferece o Madagascar! Live! Operation: vacation, que leva os famosos animais do desenho animado à ganhar vida e contar uma história inédita. Ao final é possível tirar fotos com os personagens. O outro show do parque é Iceploration, que, durante meia hora, você acompanha patinadores profissionais dando um show de leveza e beleza, ao lado de fantoches divertidos de animais.

Discovery Cove

Para quem gosta de contato direto com animais, relaxar e ter bebida e comida em sistema all inclusive, o Discovery Cove é uma excelente opção. Além de um parque, propriamente dito, ele também tem um resort e um spa dentro das suas dependências. Entre as suas atrações, se destacam a experiência com golfinhos, onde os visitantes podem entrar em uma lagoa com treinadores que orientam sobre como lidar com os mamíferos, como alimentá-los e como brincar com eles. Também temos a Freshwater Oasis, um espaço com águas mornas, fontes de águas cristalinas e floresta tropical. Quem visita a área pode nadar próximo do habitat de saguis e lontras. Não muito longe dica o Explorer's Aviary, em que 250 espécies de pássaros exóticos chamam atenção para si.
No Grand Reef é possível fazer snorkel em arreciges inspirados em ambientes tropicais de todo mundo, em que peixes exóticos e arraias dão cor e vida ao local. O Sea adventure é uma experiência a parte, dentro da The Grand Reef, que você pode fazer uma trilha submarina, estando submerso por 30 minutos, enquanto chega bem pertinho de peixes, arraias, corais e até tubarões.

Aquatica

Com uma concepção similar à do Wet n’ Wild, o Aquatica é um parque de tobogãs, piscinas e muita água que diverte principalmente durante o verão. A atual principal atração é o Dolphin Plunge, onde o visitante mergulha em tubos de uma piscina habitada por golfinhos commerson, que parecem pequenas orcas. Em 2014 inaugurou o Ihu’s breakway falls, tubo no qual a pessoa despenca de 24m de altura. Três cabines individuais ficam no alto da plataforma de queda e o chão se abre sob cada uma delas sem ordem fixa. O Omaka Rocka é uma mistura de togoágua de alta velocidade e half-pipe, com sensações de andar de skate ou snowboarding.

Confira mais dicas:

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.