Mudanças no Mundo da Disney

O mundo da Disney passou por algumas mudanças nos últimos meses. Principalmente no que do respeito na entrada dos guests, no sistema de fast pass e também no fechamento de algumas atrações que estão em reforma e/ou expansão. E claro, muitas novidades no quesito shows. Então se você está planejando visitar esse mundo no proximo ano, é bom ficar atento quanto a essas pequenas alterações.

A primeira questão é a respeito do ingresso: agora eles usam cartões com chips, que podem ser molhados, são mais difíceis de serem danificados, mas também são mais difíceis de se escreverem neles. Aqui eu recomendo à galera que vai de família e/ou grupo de amigos, que comprem uma daquelas canetas permanentes e/ou canetas de escrever em cd, porque essas não saem. Esse novo ingresso é usado nos parques inteiros, o que significa que papéis adicionais foram eliminados. Inclusive os fast passes.
Agora, para você retirar os seus fast passes, você precisa ir à algum dos totens localizados em lugares estratégicos dos parques, logo eles não são encontrados por atração e sim por estação. Por exemplo: no Magic Kingdom você tem uma estação de totens em cada grande land (tomorrowland, fantasyland e adventureland). O bom desse sistema é que você não precisa esperar uma hora para tirar um novo fast pass e logo no começo da sua visita você ja tem garantidos três passes (que é o máximo por guest). O ruim é que as atrações tem os seus fps acabados mais rapidamente, logo você precisa correr para conseguir fps das atrações mais badaladas, como "Tales with Belle", "Ariel's grotto", "Hall of Princess" ou "Under the Sea". É claro que fica mais difícil consrguir fast past pra todo mundo, quando se está em grupo, ja que o sistema só consegue tirar uma certa quantidade de fps por hora de atração, logo meu conselho aos grupos grandes é que se dividam em dois ou três minigrupos e tentem conseguir a quantidade que querem por partes. É mais complicado separar grupos de 60, mas é mais garantido de conseguir para todo mundo.
Sobre lugares fechados, vale ressaltar o excelente restaurante do Pinóquio, que está em reforma (informando que eu aconselho você a comer longe dali, porque o Storybook Treats tem um péssimo atendimento e se você vai em grupo não vai encontrar lugar para sentar.) 
Aqui vai uma nota importante: se você está pensando em viajar para lá e quer planejar tudo nos mínimos detalhes, baixe o aplicativo "My Disney Experience", que é gratuito e une todas as informações dos antigos apps WDW Maps e WDW Waiting Times. Não fique grilado em correr atrás de planos de roaming, agora o Mundo da Disney oferece wifi gratuito em algumas partes dos parques, o que facilita na hora de escolher qual será sua próxima atração e quanto tempo cada fila está tomando. 
Tirando a parte técnica, uma mudança muito significativa são as reformas nos shows noturnos. Em todos os parques elas sofreram alterações, seja no acréscimo de novas passagens, seja na mudança dos fogos. Talvez o show que tenha sofrido mais modificações seja o Wishes no Magic Kingdom, que sob a égide do "It's kinda fun to do the impossible", uma das frases mais emblemáticas de Walt Disney, (que, inclusive, faz duas aparições maravilhosas no show), fez um dos shows noturnos mais inesquecíveis que eu já vi - batendo o Fantasmic -. Já tem algum tempo que eles usam o castelo como uma espécie de telão, mas dessa vez o show foi para outro nível, quando o próprio castelo interage com os espectadores. 
Sem muito mais detalhes (para deixá-los curiosos), vale a pena dizer que Elsa e Ralph fazem ótimas participações. A música clássica "When you Wish Upon a Star" te lembra o motivo pelo qual você, de pés cansados e esgotado depois de um longo dia no parque, continua ali, firme e forte amando e aproveitando mais uma vez no maravilhoso Mundo da Disney.
Mais uma observação, não se iluda quanto ao "Be our Guest"...praticamente impossível conseguir reserva e a fila para visitação beira a 1h30min.

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.