Estase emocional


"Adormecida" é o tipo do livro que te conquista desde a proposta, ao tentar dar ao conto "Bela Adormecida" uma outra roupagem, com uma pegada mais modernosa e com personagens mais próximos do leitor. A ideia do livro parte de uma adorável e frágil garota, que se vê desperta depois de 62 anos em coma.
No caso desta Bela Adormecida, não se trata de um feitiço, ou um acidente e sim um capricho de seus pais, que usavam a estase química para garantir que ela não fosse de encontro com as suas ideias e nem que se "estressasse", deixando-os estressados. O uso desse tipo de válvula de escape é uma das questões mais bem exploradas por Anna Sheehan, que não mede o peso da mão ao tratar do assunto (delicado) de maneira intensa. Pela cabeça de Rose passa diversas vezes o motivo de ter sido esquecida num porão por mais de meio século, passa também que talvez as intenções de seus pais não fossem tão positivas quanto ela achava que fossem e logo nos deparamos com um personagem (que por questões de spoiler, não direi qual) que coloca em xeque a zona de conforto da mocinha, fazendo-a questionar até mesmo o motivo de sua existência.
Fato que Anna pode ter se baseado no conto clássico como ponto inicial, mas a sua história ganha fôlego próprio, contando com os personagens bem construídos e envolventes, além de situações que nos deixam pensativos sobre a possibilidade de se tornarem realidade. Anna cria uma realidade distópica, que nos leva através de uma história com ritmo e recheada de conflitos ideológicos, tais como criação de novas espécies, robôs criados com restos humanos e programados para matar, pessoas que não pertencem a si mesmas e sim de uma empresa, amores entre-espécies e muito mais. Não satisfeita em tocar nestas questões, Anna também cria situações paradoxiais que nos deixam pensando se nossas noções de certo e errado estão corretas. O relacionamento de Rose com Xavier é um dos principais pontos neste sentido. 
O livro deixa alguns ganchos que nos fazem pensar que talvez tenhamos uma continuação, e de fato existe a indicação de um volume 2 no site oficial da autora, porém ela deixa claro que a continuação pode levar meses (e até anos) para sair.
Resta dizer que se você procura por um livro com algo mais a dizer, vai pode encontrar no mundo distópico de Anna e Rose, algum relento.

Sinopse oficial do livro:
Rose Fitzroy esteve dormindo profundamente por décadas. Imersa num sono induzido, esquecida em um porão por mais de 60 anos, a jovem foi tratada como desaparecida enquanto os anos sombrios pairavam sobre o mundo. Despertada como por encanto e descobrindo-se herdeira de uma corporação multimilionária, Rose vai entendendo pouco a pouco, tudo o que aconteceu em sua ausência.
Ela descobre que seus pais estão mortos. O rapaz por quem era apaixonada não é mais que uma mera lembrança. A Terra se tornou um lugar estranho e perigoso, especialmente para ela, que terá de assumir seu lugar à frente dos negócios.
Desejando adaptar-se à nova realidade, Rose só consegue confiar numa única pessoa estranhamente familiar. Rose até gostaria de deixar o passado para trás, no entanto, ao pressentir o perigo, percebe que precisa enfrentá-lo - ou não haverá futuro.

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.