Moda de Brechó

Já tem um tempo que fazer compras em brechós não significa que você não tem dinheiro, ou que é uma escolha de vida. É divertido mexer naquelas roupas diferentes, algumas usadas, algumas mais velhas, algumas com muito potencial. Além disso, comprar no brechó tornou-se uma opção interessante para quem procura alternativas incomuns, não necessariamente ligadas à moda, e também estilos variados, todos num lugar só. Na minha cidade, já encontrei três ótimas opções, fora os online, que também são uma boa pedida para quem não quer sair de casa.
Inclusive, é interessante trazer esse assunto em pauta, porque não é de hoje, também, que você não encontra só roupa velha cheia de mofo e usada nesses locais, muitas dessas lojas fazem parcerias com pequenas fábricas, que enviam as roupas à preço de custo. Assim como tem muita gente que compra nesses lugares e faz trabalhos excelentes de reconstrução e reutilização, afinal o lixo de uns, pode ser o ouro de outros.
E por isso achei válido trazer um pouco dessa discussão à Mesa. Quem me conhece, sabe que eu gosto bastante de descobrir lugares legais e diferentes para fazer compras, mas também sabem que não sou conectada no mundo da moda para saber de tendências e novidades o tempo todo, apesar de gostar muito. Porém, com esse tema me senti um pouco em casa, pois tem muita coisa legal, tanto ao vivo (tenho certeza que na sua cidade tem brechós legais e você nem sabe) quanto online e vamos dar algumas sugestões de onde comprar, assim como algumas dicas na hora de você comprar uma peça, seja ela online, seja ao vivo.

Brechós Online para elas:

Brechós Online para eles:


Dicas para comprar em Brechó (ao vivo):
1 - Repare na qualidade do tecido: você pode não saber o nome dele, mas pelo toque é possível ter uma idéia se o tecido não está esgaçado, surrado ou muito velho para o uso.
2 - Verifique zíperes e botões: algumas roupas tem falhas e/ou partes quebradas, as quais podem passar despercebidas se não observadas com cuidado. Abra e feche o zíper várias vezes para ter certeza de que ele funciona e que não está puxando nenhum fio ou descosturado em alguma parte.
3 - Se possível vista a mesma roupa mais de uma vez, antes de decidir se vai levar, olhando em diferentes momentos e com diferentes ângulos pode te fazer sentir melhor ou pior com a roupa.
4 - Faça vários movimentos com a roupa: pode parecer meio ridículo ficar agachando e andando dentro do closet, mas esses são movimentos que sempre fazemos e que pode estragar a nossa opinião sobre uma roupa, caso não caia bem.
5 - Verifique a possibilidade de troca: as vezes a gente se arrepende ou algo que adoramos e ficou lindo, no outro dia parece horrível. Trocar é melhor do que ficar com uma roupa entocada dentro do guarda-roupas.
6 - Por mais que o brechó tenha hábito de lavar e passar as peças, não use uma roupas comprada nesses locais sem antes lavá-las, pois como quem vai nesses lugares sabe, tem muita peça para se ter certeza de quando foi a última vez que elas viram uma máquina de lavar.
Dicas para comprar em Brechó (online):
1 - Verifique a questão de troca: nesse caso é ainda mais importante, pois não pode experimentar. Porém, tenha em mente que é bem provavel que você tenha que trocar por outra peça, pois algumas são "filhas únicas".
2 - Peça para tirarem uma foto do produto quando estiverem colocando na embalagem para ser enviado pelos correios, assim você vai saber como o produto foi colocado e em que estado estava.
3 - Veja no site as normas de produto danificado: as vezes, no próprio correios, o mal manuseio pode causar algum dano. Nesse caso a culpa não foi sua, nem do brechó, então é necessário saber como proceder. Facilita se o site tiver uma política quanto a isto.
4 - Se você tem medo de comprar online, faça apenas uma compra de valor relativamente baixo. Assim você testa a qualidade, rapidez e segurança do serviço.
5 - Mesmo que o site ofereça o calculo do frete, entre no site dos correios e faça as contas você mesmo. 


Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.