Antes do videoclipe: os soundies

Em 1940, no Estados Unidos surgiam os soundies. Antecessores dos videoclipes (e até mesmo das televisões), os soundies marcaram época e ainda puderam disseminar a imagem associada ao som, que por muito tempo tinham trabalhado de formas distintas, já que se acreditava que a imagem (principalmente no cinema) não necessitava de som como ferramenta principal, e sim como uma coadjuvante.
Agora para se ter uma ideia do que seriam os soundies é interessante tentar visualizar a seguinte descrição: imagine uma jukeboxe, daquelas bem antigas e largas, só que ao invés do vidro para ver os discos, você tem uma tela na parte de cima e um alto-falante na parte de baixo. Você coloca uma moeda, escolhe uma canção e na tela um "filme" começa a ser exibido, mostrando o cantor fazendo uma apresentação daquela música.
De fato hoje esse sistema nem parece tão interessante assim, porém na época isto foi um estrondo! Todas as lanchonetes e lugares badalados tinham uma soundie a disposição de quem quisesse colocar uma moeda, além disto os soundies foram importantíssimos para marcar a transição do cinema mudo para o falado, pois mostrou que era possível gravar em um mesmo rolo som e imagem e também foram um avanço tecnológico significativo para a época (lembre-se que as tvs ainda não existiam).
Porém como o custo de manuntenção e de criação das peças dos soundies eram muito caras para serem produzidas, essa máquina teve um período muito curto de vida e enfrentando uma série de problemas, até que morreu definitivamente em 1946. Vale aqui ressaltar que os soundies, apesar de não serem exatamente um cinema, acabaram representando um tipo de concorrência mais barata e acessível, sendo desprezados pela comunidade filmíca da época.
Sem contar que o sindicato nacional dos músicos ficaram temerosos que os soundies pudessem esvaziar as salas de espetáculos ao vivo e em 1942 decide não permitir que nenhum de seus associados seja filmado para os soundies, o que restou para os produtores da maquina investirem em cantores não conhecidos e por vezes de gosto não popular.
O golpe de misericórdia aos soundies foi o surgimento da televisão, que vai concorrer com ele em seu próprio terreno, investindo em performances musicais e tomando conta dos espaços em lanchonetes e bares, já que nesta, os clientes não precisariam gastar um centavo se quer.
A televisão toma para si essa coisa de ser o fonográfico visual, já que seu estilo (quando começa) remete muito às transmissões radiofônicas, mas ela consegue também se diferenciar criando estilos próprios e genuinamente televisivos como a transmissão de espetáculos musicais ao vivo e o telejornalismo, sem contar que com o surgimento do vídeo gravado, surgiram as novelas e os videoclipes, este segundo sendo uma alternativa de difusão musical, independente do disco e dos shows.
Saiba mais sobre os soundies: aqui e aqui

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.