Escapando de pedras


Alexz Johnson, esta nunca foi uma cantora conhecidíssima. Também nem tinha muito como ser.
Seu estilo é...bom, nem isso dá para "rotular". Tem gente que diz que é soft rock, tem gente que chama de um rock pop meio indie, e tem gente que simplesmente não liga para isso.
A verdade é que Alexz amadureceu com a sua música e trouxe a ela um toque tão pessoal que a simples ideia de "estilo" nem passa pela cabeça das pessoas que gostam, nem mesmo importa para ela mesma. 
Diferentemente do que a maioria das pessoas acham, Alexz não é estadunidense, sua cidade natal é Vancouver, Canadá. E ao contrário de artistas que começaram suas carreiras em episódios de Barney e seus amigos, Alexz teve seu papel inicial em "So Weird", um seriado que passou por anos na extinta Fox Kids por aqui pelo Brasil.
Nesta época ela cantava as músicas propostas pela produtora do programa, com um estilo mais fofinho e infanto-juvenil, com letras e ritmos mais dançantes e de fácil memorização.
Com o tempo "So Weird" ficou para trás, menos a amizade que Alexz fez com a cantora principal da série Mackenzie Philips, que foi uma das principais entusiastas para que ela continuasse na carreira artística.
Logo as músicas cantadas por Alexz passaram a ser autorais, de uma intimidade quase imoral. Sabemos dos seus pensamentos mais ocultos e seus medos mais primários. Talvez por isso, além de sua ótima atuação, ser Jude Harrison no hit canadense "Instant Star" não foi tão dificil para ela. Jude Harrison abriu muitas portas para Alexz, além de ter lhe dado a oportunidade de exercitar seu lado compositora (todas as músicas cantadas pela personagem eram escritas por Alexz juntamente com seu irmão), cantora (já que ela mesma interpretava as canções) e atriz.
Quando a série terminou, ela saiu com um contrato de gravadora (Epic) e muitas canções na bolsa.
Gravou canções belíssimas sob o selo da Epic, só que com alguns problemas internos que assolaram a gravadora, seu contrato foi quebrado, menos a cláusula que dizia respeito em relação ao que era gravado, que não seria mais de propriedade de Alexz.
Esta parte da história de Alexz me lembra o que aconteceu com Walt Disney, quando perdeu a patente de Oswald o Coelho para a Universal. E assim como Disney, Alexz conseguiu dar a volta por cima e lançou um cd por conta própria, com ajuda do seu irmão e um série de abafadores de som pregados nas paredes do porão de sua casa.
Voodoo foi um sucesso!
E mais do que relançar a carreira de Alexz, deu a ela a oportunidade de lançar o Voodoo Reloaded, com uma produção mais caprichosa e com aquela mistureba de estilos que são bem a cara dela. No Reloaded ela trouxe estilos africanos, eletrônicos e também disco, jazz e soft rock.
Mesmo assim, ela ainda leva a sua carreira de maneira própria, se recusando a passar pelo mesmo que passou na gravadora, gravando músicas em casa. Suas empreitadas são independentes e com uma ajuda massiva da internet, ela disponibiliza trechos de suas músicas gratuitamente no ITunes e também é ativa em ambos Facebook e Twitter; além de atualizar pessoalmente seus Blog e Site. Segundo o que ela postou em seu site, a internet foi a forma mais eficaz de divulgar o que ela faz e ainda por cima manter seus fãs sempre muito bem atualizados sobre novidades de sua carreira e sobre o que é relevante sobre em sua vida.
E para a internet apenas Alexz deu um presente aos seus fãs lançando uma coletânea chamada "The Basement Recordings", uma coletânea de músicas que marcaram a carreira de Alexz, desde Instant Star, até músicas exclusivas para o cd.
Recentemente Alexz tomou lugar nos TTs ao lançar a capa de seu novo EP, Skipping Stone. As músicas também estão disponíveis para ouvir no site oficial dela. Alexz diz que este EP é um gostinho da música que está produzindo agora que está morando em Nova York, e conclui dizendo que "I didn’t need the gimmick or the drama to be a singer. It was about how I sang." (Eu não precisava de artificios ou de drama para ser uma cantora. Tudo era sobre como eu cantava.) e depois de ter percebido isto, suas músicas amadureceram e ela teve a oportunidade de encarar as coisas de uma perspectiva privilegiada.
Para nós fica o aguardo de um cd com mais de 5 faixas e a deliciosa voz sincera de Alexz Johnson.



Links da Alexz:
Facebook / Twitter / Youtube / Blog / Site oficial / Projeto

Share:

1 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.