Fiasco x Fracasso / Vitória

Parte I
Já aprendeu a contar? E a fazer cálculos? Que tal escrever? E desenhar?
Habilidades que hoje já parecem tão simples e distantes, de um passado remoto, apreendidas naquele dito momento, foram difíceis de serem aprendidas.
Parecemos esquecer desta parte, da descoberta de como era, naquele instante, em que iniciávamos a descoberto de uma ação.
Quando começamos, cometemos inúmeros erros, perdemos inúmeros pontos e parecemos perder um pouco da credibilidade em nós.
Mas conforme o tempo foi passando, nos descobrimos possuidores daquelas atividades que eram tão pavorosas. Acreditamos nela e não acreditamos, como tivemos tanto medo antes.
Somos humanos, o fracasso faz parte; desde que bem aproveitado. O fracasso pode até ser delicioso, se bem aproveitado. Se formos contar quantas vezes fracassamos, nossos corações só iriam se frustrar e é por isso que devemos fracassar, aprender e com isso seguir em frente.
"Então você fracassou. Você fracassou! E daí?! Erga a cabeça e faça os outros se perguntarem por que você continua sorrindo!" (Claire - Elizabethtown).
Não é frase feita, quando digo e afirmo que toda e qualquer experiência nos torna maiores do que somos hoje, seja ela positiva ou negativa. Somos nós quem escolhemos a intensidade que ela vai tomar, significando que se você ficar esperneando por que nao conseguiu algo, mas nem aprende e nem faz alguma coisa em relação a derrota, então meu bem, a experiência só será uma insignificante e dolorosa pedrinha no sapato.
Dizem que o fiasco, no entanto, é pior que o fracasso. Dizem isto pois no fiasco confiávamos cegamente em um sucesso. Pensávamos que não haveria maneira de perder. Dizem isto, também pois o fiasco é muito variante de como você se sente.
Você é um fiasco, se assim achar que é.
Então minha amiga, você fracassou, mas você não é um fiasco. Não se sinta um fiasco! Não seja este fiasco! Sim, pois você pode se tornar um, se insistir em parecer um.
Respeito seu espaço e acho necessário este tempo que é todo ser humano precisa para se recuperar, recuperar de perder o seu doce de criança; mas sinceramente, você é muito mais do que isso!
Fracasso sim, todos fracassamos de vez em quando, agora fiasco, bom, este só se torna quem quer!

Parte II

Passei por um processo seletivo do cão! Fiz conta de matemática (coisa que eu adoraria ter me livrado definitivamente), mexi e remexi no excel, mas consegui!
Consegui um emprego, que em teoria não seria o ideal para mim, mas que está saindo de mão cheia.
Planos, se servem para alguma coisa é para serem colocados em prática e se entre tantos publicitários e designers uma jornalista foi contratada, é por que nao sou só eu que anseio por este intercâmbio de experiências que prometem ser mais do que incríveis.
Quero sorte, quero alegrias, quero sonhar grande e me permitir assim, sem ser condenada ou olhada a esgueira por assumir um cargo que, em TEORIA, deveria ser de um publicitário e/ou um designer.
Uso a imagem da fofótica Emma para ilustrar isto.
Agradeço se ficar feliz por mim.
Mas se nao ficar...
#beijomeliga!

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.