De B, Para S.

Parte I 
Amigas - Chiquititas 
Não há memória
Onde não apareçam
E nem lembranças
Em que elas não estejam
Tanto nos dias tristes e felizes
Foi com elas que eu ri e chorei
Se estou longe as sinto por perto
Nunca ninguém vai nos separar
Elas guardam
Todos meus segredos
É um tesouro a nossa amizade
Amigas, amigas
Companheiras da minha vida
Amigas
Com vocês eu inventei
Um mundo de carinho
A dividir com vocês
Amigas
As melhores que sonhei
Amigas, amigas
Presentes da minha vida
Amigas
Com vocês eu aprendi
Que juntas
Jamais seremos vencidas
Amigas
Amigas para sempre 

Muito sério que eu vou postar uma música das Chiquititas, mas m desculpem se vcs nao gostam, nao há maneira melhor de homenagear esta pessoa que é minha amiga desde que dançavamos "mexe mexe", sonhando em ser gente grande e cantando sobre como seríamos amigas para sempre.
E somos. E seremos.
Pois 10 anos se passaram e olhe para nós, organizando festa do pijama, inventando coreografias e virando a noite entre jujubas e conversas risonhas e altas.
Contando segredos cheios de esperança ou mesmo cheio de bobagens, mas sempre confiando uma na outra. É um tesouro a nossa amizade e sinceramente, ele está muito bem guardado em um lugar que poucos têm acesso.
S., te amo muito amiga, te desejo toda a felicidade do mundo. Eu sei que esta nao é uma carta de três páginas, como a que você me escreveu de aniversário, mas o que contém neste post do meu blog é muito mais do que simplesmente um beijo e um abraço, é todo o meu amor e consideração por tudo que passamos juntos. Desde as óperas, até correr para conseguir arrecadar alimentos para a gincana do colégio; desde a morte do seu avô, até os olhares sonhadores perto do vestibular...sim, estava lá e estarei sempre, mesmo que você nao queira ;D

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.