Olhos Lacrimosos


Eu nao sou fraca.
Testo, atesto e contesto meus desejos primários
Desejos outrora desajados, mas mudados e readaptados.
Lágrimas burras e sem sentido passaram a cair como de um precipício
Sim, é obvio que fiquei triste, que merda de pergunta é essa?
Continuo tendo aquela impressao alucinógena que preferias estar a qualquer lugar do que aqui,
e novamente, entre as lágrimas burras que eu segurava para nao cairem no momento em que dizia que estava bem, que tudo ficaria bem...
caindo na mesma bobagem de novo, errando de novo,
ao segurar a verdade egoísta,
Queria ter te visto hoje,
passou um turbilhao de coisas na minha cabeça,
"é lógico que é desculpa furada!" a mulher desesperada gritava.
"idiota, vc por acaso fez alguma coisa errada?" a passiva piava.
"deixa de besteira, ele nao quis te ver hj, simples!" a enraivecida dizia.
E a luz, aquela que só chegou depois de alguns minutos em absorção interna concluiu:
nenhuma das alternativas anteriores.
Se o ponto era me deixar mais tranquila, bom, nao funcionou de verdade.
As horas de espera ainda me chateavam, bem como o resto do chocolate e o sorriso que só quando existe a possibilidade de nos vermos, se implanta na minha cara.
Aí, porque existem as necessidades além do nosso querer? porque existem coisas que sabemos estar acima do que gostaríamos de fazer...mas nao podemos, por que do ceu cai chuva, da universidade cai nosso futuro e dele vem o não!
Seu único erro, meu amor, foi primar pela excelência. Nao somos regulares, bem disseste uma vez. Mas o meu erro, meu erro foi mais grave, meu erro foi precisar de ti, quando nao poderias!
Acabei por pedir de mais de alguma coisa que estava sendo boa de mais...(tem algo errado nessa frase!)

Share:

1 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.