Noite

Eu nasci de noite filha de uma estrela
A sereia canta só pra me ninar
Eu cresci na noite como a lua cheia
Afastando nuvem pra te iluminar
Larguei meus sonhos em alto mar
Quem me conhece aprende a me esperar
Larguei meus sonhos em alto mar
Meu peso em ouro pra quem achar


Nunca entendi muito bem o motivo, mas a noite sempre me encantou. Talvez por sua escuridao, talvez por suas estrelas...talvez seja pq de noite as coisas voltam a ser o que realmente são.
Nao sei quantos de voces concordam, mas parece que as pessoas usam mascaras o dia inteiro e quando a noite chega elas parecem cansar. Descobrimos mais das pessoas e seus segredos a noite. Elas bebem, fumam, fazem sexo, gritam e se despem a noite.
Mas independente do que os outros fazem, a noite me encanta pq nela que eu encontro inspiraçao.
Eu escrevo muito mais a noite do que dia. Toda a vez que olho para a lua, uma grande ideia vem a minha mente, se encaro as estrelas por um certo tempo, percebo que cada uma brilha de maneira diferente, e isso me faz escrever poemas e mais poemas sobre essa estranheza natural.
É de noite que eu leio, que assisto meus filmes favoritos, que estudo, que penso.
De noite que temos vontade de sair pelo mundo. Conhecer o que a cidade tem para oferecer; dançamos, comemos, brincamos na pickup dos amigos e beijamos desconhecidos.
A noite oferece a todos essa chance unica, que se renova a cada 24 horas, de ser quem quiser, falar o que quiser e caminhar.
Infelzmente a noite costuma despertar, tambem, o pior das pessoas, sabe-se que muitos usam da noite de maneira maldosa, assaltando, matando e violentando...queira eu que as noites de todos os lugares fossem as noites que passei no interior, certa vez.
Mesmo assim, a noite me morga, me abraça e abençoa. E assim eu a gosto. A prefiro.
Nada contra o sol, mas a lua é muito mais interessante.

Share:

1 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.