somebody to love, Boleyn

Entao ai foi pior do que aquele soco no estomago.

Foi qse como se tivessem-na virado ao contrario.
puxado pela pele do dedao e depois tomado ao contrario.
e no final parando o coração.

Ela olhou pro estrago feito.
Pisou no acelerador e quase fez um acidente acontecer.
E chorou todas as suas decepçoes,
todas as suas angustias.

Esperou até o momento ir embora.
Esperando que o mundo parasse.
Mas adivinha só...
ele estava la fora esperando por ela.

Com ou sem suas sapatilhas.
Com ou sem seus sonhos,
Com ou sem suas vontades.
Ela tinha que seguir.
E seguiu.

Com as quatro palavras q mais magoaram em tanto tempo...
"MAS ELE É GAY".

Share:

0 Falas

Mesa de Café da Manhã. Tecnologia do Blogger.